quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Coisas da rádio I



De há uns tempos para cá, a manhã das rádios descobriu o humor. O filão começou, e bem, com essa tripla inesquecível da (então) Comercial: Markl, Malato e Lamy, em o Homem que Mordeu o Cão. Depois disso, os programadores acharam que o humor ia bem com torradinhas e galão ao pequeno almoço. E toca de carregar na dose, abusando ad nauseam da receita. E temos pois exemplos indigentes de humor mas também verdadeiras pérolas. Neste particular, a TSF acertou na mouche. Os seus Cromos foram, há dois anos, uma pedrada no charco, sobretudo Ana Bola, Joaquim Monchique e, às vezes, Maria Rueff. Agora, em nova versão, Bola e Rueff juntam-se para fazer Denise e Maria Delfina, duas "manicuras" que recuperam o conceito da comédia "Celadon". Mas o grande achado da rádio de José Fragoso é mesmo Bruno Nogueira e o seu "Tubo de Ensaio". São quatro minutos de puro humor. Ainda ontem, Nogueira entrevistava "José Mourinho" ("um português desempregado que tentou a sua sorte lá fora, num país longínquo como a Inglaterra"), quando foi subitamente interrompido por um directo sobre Santana Lopes. Obviamente, não abandonei a emissão a meio...

Foto: DN

3 comentários:

Francisco Mateus disse...

Caro Nuno Azinha
Parabéns pelo blogue e pela frontalidade

Apenas gostaria de poder reforçar o seu texto sobre Humor na Rádio com alguns acrescentos em abono da verdade histórica do tema.
A saber:
O humor nas manhãs da rádio em Portugal foi uma coisa habitual durante décadas com a rubrica diária “Piadinhas e Torradinhas” dos Parodiantes de Lisboa (anos 60; 70; 80).
Na década de 90, a TSF contou com crónicas diárias de Herman José [“Herman SF”] e também Raúl Solnado.
Antes dos “Cromos” ainda houve um espaço de humor da autoria de Marco Horácio e os "Cromos" começaram na TSF em Outubro de 2003, ou seja, há quatro anos e não há dois como o Nuno refere. Para já não falar do “Homem que Mordeu o Cão” que durou praticamente dez anos, numa primeira fase na Rádio Comercial e noutra fase na Best Rock-FM. Mas houve certamente mais apontamentos de humor nas manhãs das rádios ao longo dos últimos trinta anos. Estes são apenas alguns dos que me lembro.

Saudações radiofónicas

F.M.

Nuno Azinheira disse...

Obrigado, Francisco
De facto, o meu post não pretendia ser uma enumeração exaustiva do humor na rádio. Quem não se lembra, de facto, dos Inspectores Patilhas e Ventoinha, das Piadinhas e Torradinhas (e do Graça com Todos à hora do almoço)... Com 33 anos de vida, acredite, passei muitos anos da minha juventude a ouvir a velhinha e saudosa Onda Média da Comercial. O meu comentário tinha apenas como objectivo elogiar o que tenho ouvido de Bruno Nogueira na TSF, em contraponto com algum pseudo-humor que anda por aí.

De qualquer forma, obrigado pelas correcções. E volte sempre. É um prazer saber que partilha connosco uma... "íntima fracção" do seu dia.

Um abraço

Anónimo disse...

Desculpe lá mas o grande Humor na Rádio está neste momento na Antena 1 e chama-se Portugalex! Imperdível!